O design biofílico é um termo que une teoria, ciência e prática para criar espaços inspirados na natureza, com o objetivo de propiciar aos indivíduos o bem estar e a conexão com os ambientes em que vive e trabalha diariamente.

A etimologia da palavra (bio) filia significa – “amor à vida” termo usado por Erich Fromm em 1964 e difundido por Edward O. Wilson em 1984 quando lançou o livro biofilia, explicando para o homem a importância de estar próxima a natureza e, de que forma isso reverbera em uma manifestação de saúde e bem estar.

O design biofílico nos inspira a pensar em um design com propósito. Voltar nossos pensamentos e olhares, a fim de promover espaços convidativos à permanência, através das experiências pessoais de cada indivíduo.

Sua aplicabilidade está relacionada em refazer o caminho do homem à natureza através de estratégias, trazendo para o espaço construído elementos e formas do ambiente natural. Uma reconexão que prioriza o bem estar e a saúde humana promovendo redução do nível de stress, da pressão arterial, o aumento na produtividade em ambientes coorporativos, redução do tempo de internação em espaços de saúde, além de promover a concentração, o foco e a criatividade.

Sua caracterização está na forma e estratégia de como o conceito será aplicado, nos permitindo não só o uso da vegetação, mas de outros elementos naturais como a água, a pedra, a madeira, a luz natural, além de estabelecer relações visuais entre luz e sombra. O uso de formas orgânicas em vez de linhas retas é fundamental num projeto biofílico, as cores como o verde, o azul, os terrosos, também são muitos empregados.

O design biofílico afeta a forma como nos sentimos, trabalhamos e criamos. Foi comprovado que o design que nos conecta a natureza nos inspira e age diretamente em nosso desempenho trazendo benefícios físicos, mentais e comportamentais além de melhorar a saúde e o bem estar das pessoas e da natureza.

“A Biofilia é o resgaste a memória afetiva em relação ao nosso contato com a natureza”.                                                      Silene Martins – Designer de Interiores, Especialista em Design Biofílico e Neurociência aplicada na decoração.